Quinta-feira, 27 de Julho de 2006

Cavalhadas de Vildemoinhos 2006

Estive a organizar umas fotos que tinha espalhadas por várias pastas e vejam o que encontrei... Sei que já vou com mais de um mês de atraso, mas vale a pena recordar...

 

 

A 24 de Junho, na minha bela cidade, Viseu, também se celebra o dia de S. João. Assim, há muitos e muitos anos que a tradição se repete. Não me lembro de um único ano em que não tenha ido ver as Cavalhadas de Vildemoinhos (uma aldeia perto de Viseu) e mesmo o meu bisavô Artur recordava que no seu tempo iam às aldeias das redondezas buscar burros (agora substituídos por tractores), para puxar os carros alegóricos.

 

 

Só a título de curiosidade...

       As cavalhadas de Vildemoinhos têm a sua origem no ano de 1652. Nessa altura o rio Pavia era um rio com alguma dimensão, que abastecia as culturas dos agricultores da região e fazia mover as mós que moíam os cereais dos trambelos (moleiros) de Vildemoinhos. Quando alguns agricultores mal intencionados represaram com açudes a água do rio, os moinhos pararam.

       Desta situação resultam vários tumultos, alguns graves, na primeira quinzena de Julho do ano de 1652. Desde procissões rogando a São João que desse ao Pavia um maior volume de água, à destruição dos açudes colocados pelos agricultores, os revoltados moleiros de tudo fizeram, até que as autoridades de Lisboa, em Maio de 1653, deram razão aos moleiros.

       Os moleiros felizes com o desfecho do caso resolveram ir, na noite de 23 para 24 de Junho, em cavalgada, passando pelo centro de Viseu com destino a uma capela situada na aldeia de São João da Carreira, agradecer ao santo. Vestiram os seus melhores fatos, colocaram enfeires em burros e cavalos e seguiram a marcha em grande folia. Cantaram e dançaram toda a noite. Mas a festa não ficou por aqui. Ao  amanhecer, o cortejo regressou a Vildemoinhos em grande festa que se estendeu até ao final do dia. 

       É a esta vitória sobre os agricultores que os trambelos agradecem a São João e renovam todos os anos as cavalhadas.

 

 

Hoje em dia, o cortejo de gente de Vildemoinhos que vinha à cidade com animais e carroças enfeitadas evoluiu para um desfile de carros alegóricos, com demonstrações das tradições locais ou de temas da actualidade,  grupos de bombos (Zés Pereiras), cabeçudos, gigantones, fanfarras, bandas e ranchos folclóricos.  

 

     

 

 ver mais fotos

 

Para saber mais : http://vildemoinhos.com.sapo.pt/index.htm

publicado por soniaaandrade às 10:55
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Carlos Tavares a 27 de Julho de 2006 às 17:12
Fizeste-me lembrar os 5 anos em que vivi em Viseu...
De Arte por um Canudo a 27 de Julho de 2006 às 19:00
Desconhecia a história dos trambelos donde remonta a tradição das cavalhadas de Vildemoinhos.Excelente a forma como a descreves. Hoje, é um lindissimo cortejo com criticas ao poder politico com muita imaginação e criatividade nas personagens feitas pelo povo, retratado nas lindissimas fotos que aqui deixaste. Um grande abraço do Agostinho.

Comentar post

- visitantes -

counter

- sobre mim -

- mais sobre mim...

Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

- visitantes -

counter

tags

todas as tags

- posts fresquinhos -

Como são vistos os profes...

Dia da Criança

Para descontrair...

Uma lembrança - Dia da Mã...

Amanhã é Dia da Mãe

Gotye - Somebody That I U...

O que mudou em 6 anos....

O Soniarte vai voltar ao ...

Hoje estou de luto

O que é demais enjoa.

mais comentados

7 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários

- sítios do costume -

- minhas fotos -

blogs SAPO